Checamos: é fake link para cadastro no Auxílio Brasil que circula no WhatsApp

·2 min de leitura
  • Mensagem enganosa circula em aplicativos de mensagens

  • Único aplicativo disponível para acesso a dados do benefício é o 'Auxílio Brasil Caixa'

  • Polícia Federal fez lista com orientações para prevenir a população de crimes cibernéticos

Mensagem que circula nas redes sociais afirma que pessoas aptas a receberem o benefício do Auxílio Brasil, programa de transferência de renda que substituirá o Bolsa Família, devem se cadastrar por um link. A mensagem, contudo, é falsa.

"O Governo Federal está liberando o Auxílio Brasil às famílias de baixa renda em decorrência do aumento excessivo da inflação, no valor de R$ 217/mês por família. Tem direito a receber o benefício pessoas de baixa renda, aposentados e beneficiários do auxílio emergencial e Bolsa Família. Solicite o seu através do App Social", diz o texto compartilhado em aplicativos de mensagens instantâneas.

A mensagem enganosa oferece um "passo a passo" do que o usuário precisa fazer para realizar o cadastro no programa. A reportagem do Yahoo! Notícias fez uma simulação com as orientações e verificou que nada acontece mesmo quando o usuário segue tal descrição.

Mensagem falsa sobre cadastro no novo beneficio de transferência de renda circula nas redes sociais (Foto: Reprodução)
Mensagem falsa sobre cadastro no novo beneficio de transferência de renda circula nas redes sociais (Foto: Reprodução)

De acordo com o Ministério da Cidadania, o único aplicativo autorizado para executar o serviço para acesso aos dados referentes ao benefício é o "Auxilio Brasil Caixa'' — ligado à Caixa Econômica Federal, responsável por realizar o pagamento do programa.

Além disso, para uma família ingressar ou permanecer no programa de transferência de renda é necessário realizar o registro no Cadastro Único, também conhecido como CadÚnico. Para fazer a inscrição na ferramenta, o cidadão precisa verificar onde o atendimento é realizado na cidade onde reside. O serviço é disponibilizado nos equipamentos socioassistenciais do Sistema Único de Assistência Social, como o Cras — Centro de Referência de Assistência Social — ou os postos de atendimento do Cadastro Único e do extinto Bolsa Família.

Durante a pandemia de Covid-19 a Polícia Federal detectou um aumento nos crimes cibernéticos. Com o objetivo de alertar os usuários, fez uma lista com orientações para a prevenção desse tipo de crime.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos