Checamos: é falso que Itália revisou número de óbitos por Covid-19

·1 min de leitura
  • Boato distorce dados do Instituto Superior de Saúde do país

  • Percentual compartilhado por peças de desinformação se refere a pessoas com doenças pré-existentes

  • Desinformação também circula em outros idiomas

Circula pelas redes sociais uma mensagem alegando que o Instituto Superior de Saúde da Itália teria revisado os números de óbitos em decorrência da Covid-19 e supostamente descoberto que 97% dos casos não teriam sido causados pelo novo coronavírus, o que não é verdade.

Na realidade, os posts distorcem dados divulgados pelo órgão oficial italiano para chegar a uma conclusão falsa. O relatório publicado pelo instituto mostra que 97,1% das pessoas vitimadas pelo novo coronavírus no país tinham outras doenças ou comorbidades, como hipertensão e diabetes. Contudo, é falso afirmar que essas enfermidades teriam sido a causa dos óbitos. Pelo contrário, em nenhum momento o documento faz esse apontamento.

Desinformação usa dado distorcido para falsa interpretação das mortes por Covid-19 na Itália (Twitter/Reprodução)
Desinformação usa dado distorcido para falsa interpretação das mortes por Covid-19 na Itália (Twitter/Reprodução)

No estudo, publicado em 5 de outubro pelo Instituto Superior de Saúde da Itália, as autoridades do país detalharam as comorbidades pré-existentes nas vítimas da Covid-19. Segundo o documento, 2,9% de um total de 130.468 pessoas que morreram em consequência da Covid-19 até o dia 5 de outubro deste ano não tinham nenhuma comorbidade. Já 97,1% das pessoas que faleceram tinham doenças pré-existentes quando contraíram o novo coronavírus — dado que foi distorcido nos posts compartilhados nas redes sociais.

O conteúdo falso se espalhou por diversos países, compartilhado em outros idiomas desmentido pelas agências de checagem: PolitiFact, Full Fact e USA Today. Em português, a peça de desinformação foi verificada pela Agência Lupa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos