Checamos: é falso que o maior valor médio do Bolsa Família foi pago no governo Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jair Bolsonaro
    38.º presidente do Brasil
  • Tabela foi manipulada digitalmente e tirada de seu contexto original

  • Não é correto afirmar que o maior valor foi pago na atual gestão. Na verdade, maior benefício médio do Bolsa Família foi pago em 2014, no governo de Dilma Rousseff

  • Gráfico na íntegra foi publicado originalmente em site de notícias

Publicações que circulam nas redes sociais compartilham uma tabela que supostamente exibe os valores médios pagos aos beneficiários do programa Bolsa Família. Os posts fazem uma comparação entre os valores pagos nos governos petistas de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) e Dilma Rousseff (2011-2016), na gestão de Michel Temer (2016-2019) com o atual governo de Jair Bolsonaro.

“E ainda tem gente reclamando?”, escreveu um usuário ao compartilhar a peça de desinformação nas redes sociais sugerindo que o valor médio do auxílio social aumentou no governo Bolsonaro, o que não é verdade.

A tabela compartilhada lista o orçamento, o número de famílias atendidas e o valor médio nominal do benefício pago por família de 2003 a 2021. A imagem induz a compreender que a maior média do Bolsa Família teria sido registrada em 2019 e corresponderia a R$ 200,4.

Tabela compartilhada nas redes sociais suprimiu a coluna “média real por família
Tabela compartilhada nas redes sociais suprimiu a coluna “média real por família" para chegar à falsa conclusão (Foto: Facebook/Reprodução)

“Bolsa família no governo Lula não passava de R$ 100 reais. No governo Dilma não passava de R$ 164 reais e agora com Bolsonaro foi a R$ 400,00 e com o 13º salário de bônus”, diz texto sobreposto à imagem.

No entanto, uma busca reversa pela tabela revela que o conteúdo foi publicado originalmente no site de notícias Poder360, em 22 de outubro deste ano. Ao comparar a tabela original com a imagem compartilhada nas redes sociais é possível verificar que a coluna “média real por família" foi suprimida do post desinformativo para distorcer seu conteúdo. Além disso, é possível verificar que a parte inferior da tabela, onde é exibida a legenda e explicação sobre o cálculo que é corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), também foi removida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos