Checamos: é falso que PF tenha feito exposição de dinheiro de esquemas de corrupção do PT

·1 min de leitura
  • Polícia Federal não fez exposição de dinheiro de esquemas de corrupção do PT

  • Gravação, na verdade, é de uma ação publicitária gravada em 2017

  • Peça de desinformação circula nas redes sociais

Posts que circulam nas redes sociais afirmam que a Polícia Federal (PF) montou uma exposição no centro de Curitiba, no Paraná (PR), para mostrar o total de dinheiro desviado em governos do Partido dos Trabalhadores (PT) e recuperados pela instituição. A afirmação é falsa.

“A Polícia Federal de Curitiba, fez uma Exposição no centro da cidade, da Montanha de DINHEIRO ROUBADO NA ADMINISTRAÇÃO DO (PT), que já foi Recuperado.

Agora imagina vocês o tamanho do Rombo..... 😳

E ainda tem gente que acha que o PT não Afundou o País !

Brasileiro não tem muita noção das coisas, foi muito boa a ideia, pelo menos agora vão ter noção, assim espero !

Devia passar em pelo menos todas as capitais brasileiras ! 😡😡😡

👇👇👇👇👇👇”, diz a descrição do vídeo.

Gravação compartilhada nas redes sociais é de uma ação publicitária gravada em 2017 (Foto: Facebook/Reprodução)
Gravação compartilhada nas redes sociais é de uma ação publicitária gravada em 2017 (Foto: Facebook/Reprodução)

Não é verdade que a gravação mostra uma exposição feita pela Superintendência da PF do Paraná e tampouco a obra simboliza o total de recursos recuperados pela instituição em investigações de esquemas de corrupção dos governos petistas. Uma busca reversa por um frame do registro mostra que as imagens foram feitas em agosto de 2017 por uma agência publicitária como uma ação de marketing para o lançamento do filme “Polícia Federal - A lei é para todos”. A instalação representava uma simulação do dinheiro recuperado pela força-tarefa por meio de acordos de colaboração: cerca de 4 bilhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos