Checamos: extrato que mostra saque de R$ 2,6 mil do Bolsa Família é falso

·2 min de leitura
  • Desinformação é compartilhada desde 2014 e traz dados errados sobre o benefício

  • Imagem usa dados inflados

  • Boato sobre benefício voltou a circular após anúncio de programa de transferência de renda

O Auxílio Brasil, programa de transferência de renda que substituirá o Bolsa Família, entra em vigor no mês de novembro segundo o comunicado do Governo Federal. Desinformadores aproveitaram a discussão sobre o benefício para compartilhar informações falsas a respeito do programa.

Circula pelas redes sociais a imagem de um suposto extrato bancário da Caixa Econômica Federal no qual aparecem três benefícios no valor de R$ 2,6 mil. Um dos posts analisados pela reportagem do Yahoo! Notícias, sugerem que o montante seria destinado para o “sustento de vagabundos que vivem com o Bolsa Família”.

Publicação traz dados errados sobre o valor pago aos beneficiários do programa de transferência de renda (Foto: Twitter/Reprodução)
Publicação traz dados errados sobre o valor pago aos beneficiários do programa de transferência de renda (Foto: Twitter/Reprodução)

Na imagem, é possível verificar que o extrato de pagamento exibido corresponde ao ano de 2014 e exibe o suposto pagamento de três benefícios: R$ 1,8 mil em referência ao Cartão Família Carioca; R$ 660, em referência ao Bolsa Família; e R$ 138, em referência ao Bolsa Família Jovem.

Contudo, ao buscar pelos valores dos benefícios pagos em 2014, é possível constatar que a peça de desinformação usou dados inflados para confundir.

Por exemplo, os valores dos benefícios do Bolsa Família exibidos no extrato (R$ 660) não correspondem à realidade. Na época, o valor era de R$ 70 — podendo chegar a R$ 230, no máximo, em caso de famílias com até cinco filhos. O mesmo acontece com o valor do Bolsa Família Jovem: a imagem mostra o valor de R$ 138. Contudo, o valor do benefício era de R$ 38 para jovens de 16 e 17 anos.

O mesmo acontece com o valor do programa Família Carioca. Naquela data, o auxílio concedido para beneficiários da cidade do Rio de Janeiro, como complemento ao Bolsa Família, era entre R$ 20 e R$ 400, e não R$ 1,8 mil como aparece na imagem.

A peça de desinformação circula, ao menos, desde 2014 e já foi desmentida pelo Boatos.org.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos