Checamos: ‘figura da morte’ na abertura das Olimpíadas faz referência a saga Harry Potter, não a pandemia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • 'Figura da morte’ na abertura das Olimpíadas faz referência a saga Harry Potter, não a pandemia

  • Imagem que aparece na publicação é representação é uma representação do personagem Lord Voldemort, da série inglesa Harry Potter

  • Figura foi usada como metáfora do pesadelo infantil na abertura dos jogos olímpicos em Londres

Publicação compartilhada nas redes sociais sugere que a pandemia de Covid-19 foi representada na abertura da Olimpíada de Londres, em 2012, o que não é verdade. Trata-se, no entanto, de uma representação da série Harry Potter e não tem relação com o coronavírus.

“AGORA TUDO FAZ SENTIDO. 😱😱😱.

Caros amigos... lembram-se da cerimônia de abertura dos jogos Olímpicos de Londres 2012, com a figura gigante da morte segurando uma agulha, enfermeiras dançando e todas as crianças em camas hospitalares? Tudo começa a fazer muito mais sentido agora, não? Isso já estava sendo planejado há muito tempo”, diz o texto replicado nas redes sociais.

Cerimônia na abertura dos jogos olímpicos de 2012 mostra representação de vilão da série Harry Potter e não tem relação com a pandemia (Foto: Facebook/Reprodução)
Cerimônia na abertura dos jogos olímpicos de 2012 mostra representação de vilão da série Harry Potter e não tem relação com a pandemia (Foto: Facebook/Reprodução)

No entanto, as postagens enganam ao afirmar que a pandemia do novo coronavírus tenha sido retratada durante a abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e que isso provaria que a disseminação do SARS-CoV-2 — vírus causador da doença — pelo planeta era “planejada há muito tempo”.

Post distorce apresentação dos jogos olímpicos de 2012 (Foto: Facebook/Reprodução)
Post distorce apresentação dos jogos olímpicos de 2012 (Foto: Facebook/Reprodução)

A imagem registra, na realidade, uma representação de Lord Voldemort, vilão da saga Harry Potter, segurando uma varinha mágica. Em dado momento do espetáculo, pessoas parecem vestidas de branco para simbolizar médicos e enfermeiros do serviço público de saúde britânico encenando o atendimento a crianças em leitos hospitalares.

De acordo com o guia da cerimônia de abertura dos jogos olímpicos, tratava-se de uma homenagem ao sistema público de saúde do Reino Unido.

A peça de desinformação também foi verificada pela Agência Lupa e também circulou em outros idiomas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos