Checamos: imagem não mostra doação do Exército em Aparecida

·1 min de leitura
  • Imagem fora de contexto circula nas redes sociais

  • Conteúdo enganoso tem sido compartilhado por apoiadores de Jair Bolsonaro (sem partido)

  • Registro é de ação feita em Itu em 2020

O arcebispo de Aparecida (SP), Orlando Brandes, virou alvo de bolsonaristas após sermão sobre armamento e fake news. Circula pelas redes sociais publicações criticando a fala do arcebispo de que “pátria amada” não pode ser “pátria armada” mostrando uma suposta distribuição de alimentos na cidade. Contudo, a comparação é enganosa.

Registro é de ação feita na cidade de Itu em 2020 (Foto: Facebook/Reprodução)
Registro é de ação feita na cidade de Itu em 2020 (Foto: Facebook/Reprodução)

“Enquanto Arcebispo de Aparecida Dom Orlando Brandes faz sermão de que não precisamos de " ARMINHA" , O exército Brasileiro de Jair Messias levou 300 toneladas de comida para o povo daquela cidade que vive em volta da Basílica Católica”, diz o post.

Entretanto, uma busca reversa pela imagem mostra que a ação beneficente do Exército retratada nas mensagens ocorreu em abril de 2020 em parceria com a Prefeitura de Itu, e o arcebispo não fez menção às Forças Armadas em sua homilia. O texto publicado no site da prefeitura da cidade diz que o Exército Brasileiro atuou em parceria com o município na distribuição de cestas básicas que foram arrecadadas pela prefeitura para uma ação de enfrentamento à pandemia de Covid-19.

A peça de desinformação também foi verificada pelo Aos Fatos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos