Checamos: máscara facial protege contra H3N2 e Covid

·1 min de leitura
  • Proteção é eficaz para combater contaminação

  • Especialistas recomendam o uso da proteção facial para reduzir infecções contra H3N2 e o novo coronavírus

  • Desinformação circula nas redes sociais

Publicações compartilhadas nas redes sociais questionam a eficácia da máscara facial para prevenir a contaminação contra a epidemia da cepa H3N2, da Influenza A.

“Rio e São Paulo com epidemia de Influenza. As máscaras servem para quê?”, perguntou uma usuário no Facebook.

A epidemia da influenza está ligada às flexibilizações e falta de vacinação contra a gripe. O aumento de casos nos estados mencionados na peça de desinformação de fato está acontecendo – e tem se espalhado para outros locais –, mas esse cenário, contudo, não invalida a importância das máscaras.

Post que circula nas redes sociais. Especialistas recomendam o uso de máscara facial apra combater a H3N2 e Covid (Foto: Facebook/Reprodução)
Post que circula nas redes sociais. Especialistas recomendam o uso de máscara facial apra combater a H3N2 e Covid (Foto: Facebook/Reprodução)

Em 9 de dezembro, a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro confirmou em sua conta no Twitter que a capital carioca vive uma epidemia de influenza. “Será que estamos enfrentando uma epidemia de influenza? A epidemia está localizada no município do Rio e já há aumento do número de casos em outros municípios da região metropolitana”, diz o comunicado.

Especialistas e autoridades sanitárias recomendam o uso das máscaras de padrão PFF2 ou N95 - e não máscaras caseiras - porque oferecem uma vedação e camada de proteção maiores.

Estudo preliminar com 340 mil pessoas, conduzido por pesquisadores das faculdades de Yale e Stanford, confirmou que as máscaras são eficazes contra a Covid-19. O estudo analisou o impacto do uso da proteção em comunidades de Bangladesh, na Ásia. Os especialistas identificaram também que máscaras com maiores camadas de filtragem obtiveram melhores resultados na redução de infecções pela doença.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos