Checamos: posts compartilham extrato falso de aposentadoria de Lula

·2 min de leitura
  • Valores que circulam nas redes sociais estão errados

  • De acordo com assessoria, atualmente o valor do benefício recebido pelo petista é de R$ 10.354,12

  • Aposentadoria especial de anistia é concedida ao ex-presidente desde 1993

Circula pelas redes sociais um extrato de rendimentos em nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). De acordo com a imagem, o petista receberia um benefício cujo valor bruto seria de R$ 71.301,76 correspondente a “aposentadoria especial de anistiado”. A cifra exibida na imagem é falsa.

Desde 1993, o ex-presidente recebe uma aposentadoria especial, concedida pelo Ministério do Trabalho, após ter o reconhecimento de sua condição de anistiado político. A aposentadoria excepcional é paga a anistiados políticos e ex-combatentes — os benefícios estão previstos em leis específicas. Durante a ditadura, Lula foi destituído da presidência do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo. Em 2017, a defesa do petista declarou à Operação Lava Jato que o benefício era de R$ 8,9 mil. Atualmente, a assessoria do petista afirmou que a cifra é de R$ 10.354,12 — e não R$ 71.301,76 como sugere a imagem.

Valores que aparecem na imagem estão errados. Atualmente, o benefício recebido por Lula é de R$ 10,3 mil mensais (Foto: Reprodução)
Valores que aparecem na imagem estão errados. Atualmente, o benefício recebido por Lula é de R$ 10,3 mil mensais (Foto: Reprodução)

Em 2009, o recebimento do benefício foi questionado pelo deputado estadual Eliseu Gabriel da Silva Júnior. O deputado argumentou que a concessão do benefício ao petista não era válida porque Lula não chegou a ser preso pelo regime militar. No entanto, o Ministério Público concluiu que o auxílio era regular e arquivou o processo administrativo que fora aberto para apurar o caso.

Na imagem compartilhada ainda é possível observar um campo sobre a tributação que incide no benefício para o desconto no Imposto de Renda. Contudo, essa informação não consta nos extratos emitidos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para esse tipo de benefício, porque anistiados são isentos do tributo.

Peça de desinformação similar foi analisada pelo Boatos.org.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos