Checamos: presidente do Chile não foi encontrado 'bêbado e drogado' em praça

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Gabriel Boric
    Político chileno e presidente eleito do Chile
  • Presidente do Chile não foi encontrado 'bêbado e drogado' em praça

  • Gravação foi feita em 2019 quando Boric foi hostilizado por militantes de esquerda

  • De acordo com reportagens publicadas na época, Boric foi agredido por um grupo de jovens quando estava em um parque

Posts compartilhados nas redes sociais afirmam que o presidente eleito do Chile, Gabriel Boric, teria sido flagrado ‘bêbado e drogado’ em uma praça do país. No entanto, a afirmação é falsa.

“O novo presidente do Chile se tornou um desgraçado drogado bêbado em um parque, ele é atacado por sua própria linha de frente, que horror, e esta é a pessoa que vai liderar o futuro do Chile…não há direito”, diz a legenda do vídeo em versões da mensagem compartilhada em aplicativos de mensagem instantânea. Em posts nas redes sociais que também replicam o vídeo, um usuário escreveu: “Presidente Comunista do Chile encontrado drogado na praça.”

Ao contrário do que posts compartilhados nas redes sociais, vídeo de 2019 mostra o momento em que Boric é abordado e agredido por um grupo de jovens em parque chileno (Foto: Facebook/Reprodução)
Ao contrário do que posts compartilhados nas redes sociais, vídeo de 2019 mostra o momento em que Boric é abordado e agredido por um grupo de jovens em parque chileno (Foto: Facebook/Reprodução)

De fato, o homem que aparece no registro é o presidente chileno recém eleito. Entretanto, não existem indícios comprovando que na ocasião Boric teria sido encontrado alcoolizado ou sob efeitos de entorpecentes.

Na verdade, o registro mostra o momento em que Boric está sendo hostilizado por militantes de esquerda. Uma busca reversa por um frame do vídeo compartilhado nas redes sociais revela que, na ocasião, o político foi abordado e agredido por um grupo de jovens enquanto estava no Parque Florestal, em Santiago, capital do Chile.

De acordo com o noticiário da época, Boric foi agredido por militantes do seu próprio partido, Convergência Social (CS), por assinar o chamado Acordo Pela Paz Social e Uma Nova Constituição.

A peça de desinformação também foi verificada pela Agência Lupa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos