Checamos: site de petição para impeachment de Alexandre de Moraes é golpe

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Link tem sido compartilhado no WhatsApp

  • Ao acessar site o usuário é direcionado à página maliciosa

  • O crime conhecido como Phishing é usado para enganar usuários e obter informações sigilosas

O discurso de Jair Bolsonaro (sem partido) atacando as instituições reverbera em grupos de apoiadores do presidente. Dessa vez, circula no WhatsApp uma suposta petição a favor da destituição do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

Página fraudulenta simula endereço de site homônimo e coleta dados do usuário (Foto: WhatsApp/Reprodução)
Página fraudulenta simula endereço de site homônimo e coleta dados do usuário (Foto: WhatsApp/Reprodução)

A mensagem orienta o usuário a acessar o link e responder se o ministro praticou ou não abuso de poder. Para validar o voto, a vítima é obrigada a compartilhar a mensagem com sua rede de contatos e é direcionada a uma página maliciosa que pode coletar informações confidenciais.

Leia também:

É possível identificar alguns indícios de fraude no conteúdo compartilhado. Na barra de pesquisa aparece a URL “peticaopublica.me/impeachment-alexandre-de-moraes”, plágio da plataforma Petição Pública (peticaopublica.com.br). O site oficial tem o final “.com.br”, o site plagiado apresenta o final “.me”. Além disso, a página não pede um cadastro – prática geralmente utilizada para autenticar o registro do usuário.

O conteúdo também foi analisado pela Agência Lupa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos