Chef Morena Leite do Capim Santo: adaptações feitas durante quarentena vieram pra ficar

RIO — Desde 15 de março, o restaurante Capim Santo paralisou suas atividades na Bahia, no Rio e em São Paulo, e a chef Morena Leite iniciou as mudanças para passar a atender por delivery. O processo está em fase de adaptação, mas ela já observa novos hábitos nos clientes.

— As pessoas pedem muito mais almoço do que jantar, acho que pelo sistema de home office. A refeição à noite tem sido mais um lanche — detalha.

A chef afirma que tem trabalhado muito mais nas últimas três semanas e que ainda não teve tempo de se dedicar à criação:

— Tive que desmontar as operações momentaneamente, administraras mudanças. Preciso explicar o que está acontecendo a meus funcionários, passar esperança, mas mostrando a realidade. Muitos contratos estão suspenso, só 20% deles estão trabalhando.

Morena imagina que quando tudo voltar à normalidade, será necessário fazer uma nova adaptação, com mais investimento no delivery. Por exemplo, em comida por assinatura, com entrega de refeições em casa:

— Estamos pesquisando novos cardápios e sinto falta de botar a mão na massa. Espero voltar em junho.

Aprenda três receitas do Capim Santo

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)