Chefe da NASA defende SpaceX e diz que empresa superou Boeing

SpaceX foi criticada injustamente pela imprensa no início dos contratos com a NASA, disse Bill Nelson (AP Photo/John Raoux)
SpaceX foi criticada injustamente pela imprensa no início dos contratos com a NASA, disse Bill Nelson (AP Photo/John Raoux)
  • Empresa de Elon Musk teria sido depreciada em favor da Boeing no início do programa Commercial Crew;

  • SpaceX já lançou diversas missões de tripulação à Estação Espacial Internacional;

  • Boeing ainda encontra problemas em tirar sua espaçonave do chão.

O chefe da NASA, Bill Nelson, afirmou em entrevista à revista americana Newsweek que muitos criticaram a SpaceX quando a empresa começou a realizar lançamentos espaciais para a agência espacial americana, mas que a empresa de Elon Musk se mostrou extremamente capacitada, superando a Boeing.

A NASA já concedeu à SpaceX um total de 14 missões, somando pagamentos de mais de R$ 26 bilhões. A última extensão do contrato viu mais cinco missões de transporte de astronautas à Estação Espacial Internacional, em um contrato de US$ 1,4 bilhões, ou R$ 7 bilhões.

Em contraste, a NASA concedeu à Boeing seis missões e a empresa ainda não conseguiu lançar sua espaçonave Starliner, projetada para levar astronautas à ISS sob o programa Commercial Crew da NASA.

"Quando houve o início dos programas espaciais de carga e tripulação, os dois licitantes sérios foram SpaceX e Boeing, e todos criticaram a SpaceX e disseram: 'Oh, a Boeing é uma empresa já estabelecida'", disse Nelson à Newsweek. "Bem, adivinhe quem está prestes a fazer seu sexto voo após seu primeiro voo de teste com astronautas, e adivinhe quem ainda está no solo?"

A SpaceX está “no caminho certo” para tirar sua enorme espaçonave Starship do chão e levar humanos até a lua, de acordo com Nelson. A Starship completou um teste de fogo estático na quinta-feira, acionando seis de seus motores, segundo a SpaceX.

"Acho que a indústria espacial privada é extremamente benéfica", disse Nelson à Newsweek. "Basta olhar para o que a SpaceX já realizou."