Chefe do tráfico é preso durante partida no Maracanã

Homem apontado como chefe do tráfico em Belford Roxo é preso durante partida entre Fluminense e Fortaleza. (Foto: Reprodução/TV Globo)
Homem apontado como chefe do tráfico em Belford Roxo é preso durante partida entre Fluminense e Fortaleza. (Foto: Reprodução/TV Globo)
  • Homem também é suspeito de participar de homicídios

  • Chefe do tráfico vestia camisa do Fluminense com seu apelido estampado: 'Foka'

  • Outros dois integrantes da mesma quadrilha foram presos

A Polícia Militar prendeu um chefe de tráfico de drogas durante um jogo entre Fluminense e Fortaleza, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (17).

O suspeito é apontado como líder do crime organizado na comunidade do Castelar, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Ele também é suspeito de participar de homicídios na região. Haviam dois mandados de prisão contra ele.

No momento da prisão, o homem vestia uma camisa do Fluminense, personalizada com seu apelido, Foka.

A prisão foi executada por militares do 39º Batalhão da Polícia Militar, de Belford Roxo, e do Bepe (Batalhão Especializado em Policiamento em Estádios).

Outros dois suspeitos de integrarem a mesma milícia foram presos no mesmo dia pela Polícia Civil, em Belford Roxo. Os homens seriam responsáveis por realizar rondas armadas, extorsões e outras atividades da facção.