Chefe financeiro de empresa de Trump se entrega antes de possíveis acusações tributárias

·1 minuto de leitura
Donald Trump durante comício em Ohio

NOVA YORK (Reuters) - A principal autoridade financeira da Organização Trump se entregou às autoridades nesta quinta-feira, e ele e a empresa do ex-presidente norte-americano Donald Trump se preparam para ser alvo de acusações criminais, noticiou o jornal New York Times nesta quinta-feira.

Allen Weisselberg foi a um edifício que abriga o tribunal criminal de Manhattan, disse o jornal, onde ele e um representante da Organização Trump devem comparecer ainda nesta quinta-feira.

Não se acredita que o próprio Trump será acusado nesta semana, mas procuradores dizem que sua investigação sobre a Organização Trump continua, disse seu advogado, Ronald Fischetti.

Acredita-se que as acusações analisarão se Weisselberg e outros executivos receberam vantagens e benefícios, como apartamentos sem necessidade de pagamento de aluguel e carros alugados, sem relatá-los devidamente em suas declarações de imposto, disseram pessoas a par do inquérito.

(Por Karen Freifeld, Jonathan Stempel, Jan Wolfe, Julia Harte, Tom Hals, Brendan Pierson e Joseph Tanfani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos