Chefe de militares golpistas nomeado presidente do Burkina Faso

Ibrahim Traoré, o capitão que liderou o golpe de Estado do último fim de semana, foi oficialmente designado presidente do Burkina Faso.

Este foi o segundo golpe de Estado em apenas nove meses. Em janeiro, o poder foi tomado pelos militares liderados pelo Tenente-Coronel Paul-Henri Sandaogo Damiba. Agora, uma fação dissidente desse movimento, constituída por oficiais subalternos, fez um novo golpe e voltou a mergulhar o país no tumulto.