Chefes do Estado-Maior russo e americano conversaram por telefone

·1 min de leitura
O chefe do Estado-Maior dos Estados Unidos, general Mark Milley (AFP/Olivier DOULIERY)

Os chefes de Estado-Maior da Rússia e Estados Unidos conversaram por telefone nesta terça-feira (23), informou o ministério da Defesa russo, em meio a tensões entre Moscou e os países ocidentais pela situação na Ucrânia.

O general Valeri Gerásimov falou com seu homólogo americano Mark Milley sobre "questões atuais relativas à segurança internacional", informou o ministério em um comunicado, sem fornecer mais detalhes.

O Pentágono informou que os dois militares falaram sobre a "redução de riscos".

Gerásimov e Milley se reuniram em setembro na Finlândia, onde, segundo Moscou, falaram da prevenção de incidentes militares entre os dois rivais.

Nos últimos dias, Estados Unidos, Otan e União Europeia expressaram sua preocupação com os movimentos das tropas russas em torno da Ucrânia, palco de um conflito entre Kiev e os separatistas pró-russos do leste desde 2014.

Moscou negou qualquer intenção bélica e culpou os países ocidentais, aos quais a Ucrânia disse que deseja comprar armas "defensivas".

Nesta terça, o ministro da Defesa russo, Serguei Shoigu, acusou Washington de ter realizado recentemente exercícios aéreos ameaçadores, sem dar uma data precisa.

Ele destacou que "durante os exercícios americanos Global Thunder, dez bombardeiros estratégicos americanos treinaram para usar armas nucleares contra a Rússia a partir do leste e do oeste", informou seu gabinete em um comunicado.

Na segunda-feira, o chefe da diplomacia russa Serguéi Lavrov anunciou que um próximo "contato" entre os presidentes Vladimir Putin e Joe Biden estava sobre a mesa, mas que estavam "discutindo a data e outros parâmetros".

"A Ucrânia com certeza será um do assuntos que serão levantados de um modo ou outro" durante essa possível conversa, disse Lavrov.

rco/sg/pc/mb/aa/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos