Chefs badalados participam de movimento na luta pela doação de sangue

·1 min de leitura

RIO — Criada em 2019 pelo Food-se em prol do Hemorio, a campanha “Cozinhar tá no sangue” chega à segunda edição entre segunda e sexta-feira que vem. Durante os cinco dias, incluindo o Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado na quinta-feira, a marca convoca cozinheiros renomados a mobilizarem suas redes e vestirem a camisa da ação para estimular o ato de doar sangue. O movimento idealizado pela publicitária e moradora do Leme Vanessa Huguinin, que já foi estagiária do Hemorio e é fundadora do Food-se, celebra também os seis anos de sua empresa especializada em branding gastronômico.

A meta é bater a primeira edição, em que 1.756 litros de sangue foram doados durante o movimento e 6.984 pessoas puderam ser salvas, segundo parcial divulgada pelo Hemorio. Na ocasião, chefs como Claude Troisgros e seu fiel escudeiro Batista, Katia Barbosa, Pedro de Artagão, João Diamante e Jimmy Ogro, além da apresentadora Ana Mara Braga, vestiram, literalmente, a camisa personalizada do movimento. Nesta segunda edição estão confirmados chefs como Roberta Sudbrack, Alex Atala, Helena Rizzo, Pedro Benoliel, Rafa Gomes, Ronaldo Canha e Bruno Katz.

— Como comecei a minha carreira no Hemorio, nada mais oportuno do que celebrar juntos. O movimento nasceu para essa comemoração dupla e para reunir chefs “sangue bom” visando a engajar e ajudar a aumentar o volume do banco de sangue, tão necessário — diz Vanessa.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos