Chega ao fim primeira semana de negociações na COP27

Primeira semana de negociações chega ao fim na COP27. Os vários países presentes na Cimeira do Clima tentam chegar a acordos significativos para travar as alterações climáticas e limitar o aumento da temperatura a 1.5 graus celsius.

A ministra do Ambiente do Egito, Yasmine Fouad, disse que os ministros que comecarão as discussões esta segunda-feira, bem como a presidência egípcia, iriam facilitar toda a discussão para colmatar a lacuna existente entre os países desenvolvidos e as nações em desenvolvimento, mas avisou que o sucesso das negociações depende “de todos”.

AP Photo
Yasmine Fouad, ministra do Ambiente do Egito. - AP Photo

Na COP27 está a ser discutida, pela primeira vez, a possibilidade de uma compensação financeira, que seria atribuída aos países mais afetados pelas alterações climáticas.

A ministra do Ambiente das Maldivas, Aminath Shauna, referiu que o mais importante para o país e para as pequenas ilhas são as negociações sobre perdas e danos, que têm sido muito discutidas e referiu que ter este ponto na agenda é algo que nunca tinha acontecido antes.

AP Photo
Aminath Shauna, ministra do Ambiente das Maldivas - AP Photo

Os vários líderes mundiais estão numa corrida contra o tempo para tentar salvar o planeta. Na próxima semana, será a vez dos ministros se sentarem à mesa das negociações e tentarem fazer progressos ao nível do diálogo em três pontos fulcrais relacionados com as alterações climáticas: perdas e danos, adaptação e mitigação.

O encontro está a decorrer em Sharm-el-Sheik, no Egito, e prolonga-se até ao próximo dia 18 de novembro.