McGuiness, ex-vice-primeiro-ministro da Irlanda do Norte, morre aos 66 anos

Dublin, 21 mar (EFE).- Martin McGuinness, ex-vice-primeiro-ministro da Irlanda do Norte e antigo comandante do Exército Republicano Irlandês (IRA), morreu aos 66 anos, informou nesta terça-feira o partido republicano Sinn Féin em comunicado.

"É com profundo pesar e tristeza que soubemos da morte de nosso amigo e companheiro Martin McGuinness, que faleceu nesta madrugada, em Derry (Irlanda do Norte). Você será lembrado por todos que te conheceram", diz a nota.

O líder histórico renunciou no início de janeiro no governo autônomo de poder compartilhado entre protestantes e católicos, o que provocou a queda do Executivo e obrigou Londres a convocar eleições regionais no último dia 2.

Pouco após deixar seu cargo, anunciou também que estava abandonando a política, por sofrer de amiloidose, uma grave doença degenerativa que afetou seu coração.

O presidente do Sinn Féin, Gerry Adams, destacou hoje a "determinação, dignidade e humildade" mostrada por McGuinness "durante toda sua vida", qualidades com as quais lidou também "com este breve período de doença", disse.

"Era um republicano apaixonado que trabalhou incansavelmente pela paz, a reconciliação e reunificação de seu país", afirmou Adams, amigo pessoal e companheiro de McGuinness durante o último conflito na província britânica.

Juntos conseguiram levar o já inativo IRA rumo ao desarmamento e o fim da violência, além de iniciar um bem-sucedido processo de paz, que culminou com a formação, em 1998, em um governo de poder compartilhado. EFE