Chico Buarque usa boné CPX em show no Rio; vídeo

Chico Buarque usou um boné com a sigla "CPX" durante apresentação deste sábado no Vivo Rio, na capital fluminense. O adereço vestido pelo cantor viralizou durante a campanha eleitoral do ano passado, após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser atacado por apoiadores de Jair Bolsonaro por ter colocado uma peça na cabeça quando visitava o Complexo do Alemão.

Chico Buarque estreia show no Rio com samba, blues e ironia: 'Essa não é minha, é do Paulo Guedes'

Boné CPX: objeto que viralizou na campanha é usado por apoiadores na posse de Lula

Um vídeo compartilhado no Twitter mostra o momento no qual o artista carioca veste o boné. Em seguida, um assistente de palco entrega o violão e o cantor começa a apresentar a música "O meu guri".

O uso do adereço ganhou repercussão durante o segundo turno da eleição presidencial do ano passado. No feriado do dia 12 de outubro, Lula fez uma visita ao Complexo do Alemão em que usou o boné cuja sigla significa "complexo de favelas" e é usada pelos moradores da região.

Assim que a imagem do petista com o boné foi compartilhada, apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro iniciaram as críticas. Eles compartilharam a informação falsa de que a abreviação seria usada apenas por membros de facções criminosas.

Bolsonaro repetiu as falsas alegações durante debate da Globo, antes do segundo turno das eleições. Na ocasião, o candidato derrotado afirmou que seu adversário teria ido se encontrar com criminosos na comunidade.

Chico Buarque é amigo e apoiador de Lula. Na primeira apresentação desta temporada de shows no Vivo Rio, na quinta-feira, o artista ironizou Paulo Guedes, o ex-ministro da Economia do governo Bolsonaro.

— Na internet sai de tudo, mas dizer que eu compro minhas músicas, isso eu não vou permitir! — disse o cantor, para em seguida fazer graça novamente. — Essa música (“Bancarrota blues”) não é minha, é do (ex-ministro da Economia) Paulo Guedes!

A declaração fazia alusão a acusações, geralmente vindas do campo da extrema-direita, de que ele não teria composto algumas de suas próprias músicas.