Chico Burque processa Eduardo Leite por uso indevido de nome e imagem em vídeo divulgado nas redes

·1 minuto de leitura

O cantor e compositor Chico Buarque entrou com ação contra o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), pelo uso indevido de seu nome e imagem em um vídeo publicado nas redes sociais no dia 7 de Setembro. Chico pede a retirada do material da internet e uma indenização de 40 salários mínimos.

O vídeo, intitulado Ninguém vai roubar as cores do Brasil, publicado um dia antes do feriado, no domingo, Eduardo Leite aparece na peça e afirma que o país ‘precisa voltar para o centro’. Ele cita, além de Chico Buarque, o cantor Sérgio Reis, alvo do inquérito sobre atos antidemocráticos no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Basta ver em Chico Buarque e Sérgio Reis duas belezas musicais, e não só duas escolhas políticas. Basta lembrar que nós, assim como eles, somos todos brasileiros”, diz Eduardo Leite.

Na legenda do vídeo, o governador diz que "a melhor maneira de comemorar a Independência é sendo independente". O tucano disputa a vaga do partido para se candidatar à Presidência da República no ano que vem.

"Nesse 7 de setembro, vale lembrar: a melhor maneira de comemorar a Independência é sendo independente. Porque nós não precisamos pensar todos iguais para sermos todos o mesmo Brasil. Está na hora de retomar as cores do Brasil. E retomar a esperança dos brasileiros."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos