Chico Chico lança clipe de marchinha para animar o carnaval em quarentena: 'o importante agora é ficar em casa'

O Globo
·1 minuto de leitura

Este ano o carnaval será totalmente diferente. Apesar de não ter bloco e desfile de Escola de Samba, não precisa ser desanimado. Para quem quiser fazer um bloco na sala, o músico Chico Chico, de 27 anos, lança nesta sexta a marchinha "Gatos pingados" para fortalecer a hashtag #carnavalemcasa. Como ele diz, é uma música para animar os blocos caseiros e resgatar o calor dos encontros amorosos que só o carnaval tem.

Carnavalesco animado, em outros anos, Chico é daqueles que vive intensamente os dias de folia: "É um período em que não se acorda ou se dorme, temos o ano todo para descansar. O carnaval se vive do começo ao fim. Às vezes até um pouco mais".

ASSISTA AO CLIPE:

Neste ano, ele fará a festa em casa, sem aglomeração. "Ficar sem carnaval é uma tristeza sem fim. O clipe fala sobre essa nostalgia. Mas é isso, tudo bem, em breve nós voltaremos para a rua. O importante agora é ficar em casa", diz Chico.

Na música, ele canta que "nosso bloco já passou, meu amor, somos dois gatos pingados" em companhia de uma banda formada por Jorge Helder (baixo), Cesinha (bateria), Pedro Fonseca (teclado) e Lucas Videla (percussão). O arranjo, direção musical e violões são de Luiz Brasil, que também produziu a faixa com Ivan Cavazza.

A direção do clipe é de Pedro Waddington, filho de Andrucha. E para quem ainda não percebeu a semelhança, Chico é filho de Cássia Eller.