Chile vai barrar temporariamente carne do Brasil após escândalo, diz ministério

Funcionários descarregam carga de carne em São Paulo. 03/06/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

SANTIAGO (Reuters) - O Chile está barrando temporariamente importações de carne do Brasil após o escândalo sobre o suposto pagamento de propinas a agentes de fiscalização sanitária, divulgado pela Polícia Federal na sexta-feira, disse o ministério de Agricultura chileno nesta segunda-feira.

Também nesta segunda-feira, o presidente Michel Temer tem tentado acalmar temores em relação à carne brasileira, um produto-chave para as exportações do país, após a operação da PF na semana passada anunciar investigações sobre o possível pagamento de propinas por empresas do setor frigorífico para ocultar condições inadequadas dos produtos.

(Por Antonio de la Jara)