China adia Jogos Asiáticos de 2022 por causa do coronavírus

Jogos asiáticos foram adiados sem nova data prevista para realização do evento. Foto: STR/AFP via Getty Images
Jogos asiáticos foram adiados sem nova data prevista para realização do evento. Foto: STR/AFP via Getty Images

A China decidiu nesta sexta-feira (6) adiar os XIX Jogos Asiáticos, que deveriam ser realizados de 10 a 25 de setembro na cidade de Hangzhou, no sudeste da província de Zhejiang.

Segundo a televisão estatal CCTV, o diretor-geral do Conselho Olímpico, Husain Al Musallam, anunciou a decisão e acrescentou que "muito em breve" será anunciada uma nova data.

Leia também:

A suspensão do evento ocorre em meio a uma onda da variante ômicron do coronavírus, que está causando números recordes de infecções não vistas desde o início da pandemia na China, e à qual o governo respondeu com seu roteiro habitual, o que implica fortes restrições de mobilidade, fronteiras fechadas para o exterior e confinamento de cidades inteiras como na metrópole de Xangai, localizada a cerca de 160 quilômetros de Hangzhou.

O presidente do país, Xi Jinping, disse ontem à noite que as medidas para impedir os surtos resistirão "ao teste do tempo" e exortou os líderes do país a lutar contra qualquer tentativa de "distorcer, questionar ou desafiar" as restrições.

Ao contrário da maior parte do mundo, que já decidiu conviver com o vírus, a China mantém há dois anos uma política de tolerância zero em relação ao vírus sob o argumento de proteger a população idosa, que em alta porcentagem não é vacinada.

No entanto, e ao contrário dos dois anos anteriores, a dureza das medidas em que os surtos foram enfrentados desta vez, especialmente em Xangai, causou uma reação crítica sem precedentes na população, que espalhou inúmeras reclamações e vídeos de denúncia através das redes sociais, um material que, apesar da censura, vazou para plataformas ocidentais.

Em fevereiro passado, quando a variante ômicron ainda não havia se espalhado pela Ásia, Pequim realizou seus Jogos Olímpicos de Inverno, embora sem público.

Atletas, delegações e jornalistas estrangeiros permaneceram em uma “bolha” e sem qualquer contato com a população local, cuja proximidade ao evento se limitou a acompanhá-lo pela televisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos