China consolidará recuperação econômica, diz premiê segundo a mídia estatal

Primeiro-ministro da China, Li Keqiang

PEQUIM (Reuters) - A China se esforçará para consolidar sua recuperação econômica à medida que o desenvolvimento do país enfrenta dificuldades e desafios, disse o primeiro-ministro, Li Keqiang, segundo a mídia estatal.

O governo está confiante em manter as operações econômicas dentro de uma margem razoável, disse Li em um evento que comemora o 73º aniversário da fundação da República Popular da China.

"Atualmente, o desenvolvimento ainda enfrenta muitas dificuldades e desafios", disse Li.

"Não perderemos tempo implementando efetivamente várias políticas para estabilizar a economia, aumentar o entusiasmo de todos os lados, focar em nossas próprias questões e consolidar as bases da recuperação econômica".

Nos últimos meses, o governo lançou uma série de medidas econômicas para fortalecer a economia, que escapou por pouco de uma contração no trimestre de junho, mas a recuperação permanece superficial devido às contínuas restrições rígidas contra a Covid-19 e à queda no setor imobiliário.

Li também prometeu impulsionar as reformas, promover a abertura da economia e estabilizar o comércio exterior e o investimento estrangeiro.

(Reportagem de Kevin Yao e redação de Pequim)