China importará 45 videogames e concede múltiplas licenças à Tencent

Por Josh Ye

PEQUIM (Reuters) - O regulador de videogames da China concedeu nesta quarta-feira licenças a 45 jogos estrangeiros para serem lançados no país, retirando ainda mais restrições rígidas que prejudicam a indústria por 18 meses.

Entre os jogos online importados aprovados pela Agência Nacional de Imprensa e Publicação, cinco serão lançados pela Tencent Holdings como "Pokémon Unite", da Nintendo , e "Valorant", da Riot Games, de acordo com uma lista divulgada pelo regulador.

O regulador também aprovou 84 jogos domésticos para o mês de dezembro, de acordo com uma lista separada divulgada nesta quarta-feira.

A aprovação de jogos importados marca efetivamente o fim da repressão de Pequim à indústria de videogames, que foi um golpe significativo para as empresas de tecnologia chinesas, incluindo Tencent e NetEase Inc. que obtêm receitas substanciais da publicação de jogos autodesenvolvidos e importados.

Por meio de várias empresas afiliadas, a Tencent, a maior empresa de jogos do mundo, recebeu efetivamente um total de seis licenças em dezembro, disse uma fonte com conhecimento do assunto à Reuters.

Certamente, o número de licenças concedidas é menor do que nos anos anteriores. A China aprovou 76 jogos importados em 2021 e 456 em 2017.

(Reportagem da redação de Pequim)