China lançará "operações militares direcionadas" por visita de Pelosi a Taiwan, diz ministério

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Telão exibe imagens de aviões do Exército de Libertação Popular chinês durante programa jornalístico em cruzamento de Pequim
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

PEQUIM (Reuters) - Os militares chineses foram colocados em alerta máximo e lançarão "operações militares direcionadas" em resposta à visita do presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taiwan, afirmou o Ministério da Defesa da China nesta terça-feira.

Separadamente, o Comando de Teatro Oriental do Exército de Libertação Popular chinês disse que realizará operações militares conjuntas perto de Taiwan a partir da noite de terça-feira e testará o lançamento de mísseis convencionais no mar a leste de Taiwan.

Os exercícios incluirão operações aéreas e marítimas conjuntas no norte, sudoeste e nordeste de Taiwan, disparos reais de longo alcance no Estreito de Taiwan e lançamentos de mísseis de teste no mar a leste de Taiwan, disse o Comando do Teatro Oriental.

(Reportagem de Yew Lun Tian)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos