China não visa nenhum país com repressão a cultura de fãs, diz embaixada

·2 minuto de leitura
Policiais retiram fãs do lado de fora da cerimônia de abertura do 17º Festival Internacional de Cinema de Xangai

Por Brenda Goh

XANGAI (Reuters) - A repressão da China à "cultura de fãs" visa manter a ordem pública e não afetará suas relações com nenhum país, disse a embaixada chinesa na Coreia do Sul nesta quarta-feira.

O governo adota uma repressão de várias frentes a uma gama ampla de setores, incluindo o de entretenimento e o que autoridades descrevem como uma cultura de fãs de celebridades "caótica", e sua influência sobre os jovens e a ordem social.

A embaixada disse estar reagindo a uma preocupação da mídia sul-coreana com a campanha, que leva plataformas de redes sociais chinesas a suspenderem contas criadas por fãs chineses de pop stars da Coreia do Sul.

"As ações da China visam todas as palavras e os atos que possam impactar a ordem pública, os costumes e também as leis e os regulamentos, e não afetarão os intercâmbios normais entre a China e qualquer país", disse a embaixada em um comunicado.

A representação disse que a mídia sul-coreana está "preocupada com o impacto dos intercâmbios culturais entre a China e a Coreia do Sul e até acredita que as medidas relevantes da China visam a Coreia do Sul".

A plataforma de rede social chinesa Weibo suspendeu nesta semana mais de 20 contas de fãs de grandes grupos de K-pop, como BTS, Blackpink e EXO, dizendo que elas foram responsáveis por disseminar "conteúdo de busca de estrelas irracional".

Segundo a campanha contra a cultura de fãs, as plataformas de redes sociais não podem mais publicar listas de celebridades e os fã-clubes precisam ser regulamentados, disse a agência reguladora da internet.

Esta também proíbe que programas de variedades cobrem dos fãs para que estes votem online por seus artistas favoritos e desencoraja as pessoas a comprarem produtos ligados a celebridades.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos