China pede que bancos estendam empréstimos para projetos imobiliários

Mulher caminha perto de um canteiro de obras de prédios de apartamentos em Pequim

XANGAI/PEQUIM (Reuters) - Reguladores chineses pediram neste domingo que os bancos estendam empréstimos a projetos imobiliários qualificados e atendam às necessidades de financiamento de incorporadoras quando razoáveis, em seu mais recente esforço para aliviar as preocupações desencadeadas por um crescente boicote ao pagamento de hipotecas em casas inacabadas.

As observações da Comissão Reguladora de Bancos e Seguros da China (CBIRC) vieram depois que um número crescente de compradores de casas em toda a China ameaçou parar de fazer seus pagamentos de hipotecas para projetos imobiliários parados, agravando uma crise no setor que já atingiu a economia.

Os investidores continuaram a se desfazer de ações bancárias chinesas, bem como ações e títulos de incorporadoras, mesmo depois que o CBIRC prometeu na quinta-feira fortalecer sua coordenação com outros reguladores para "garantir a entrega de casas".

Em entrevista ao China Banking and Insurance New no domingo, o CBIRC reiterou que apoiará os governos locais a promover a entrega de domicílios e expressou confiança de que, com esforços conjuntos, "todas as dificuldades e problemas serão resolvidos adequadamente".

Mais especificamente, o regulador exortou os bancos a “assumir a responsabilidade social” e a participar ativamente no estudo de planos para preencher a lacuna de financiamento, para que a construção de projetos imobiliários paralisados possa ser retomada rapidamente e as casas possam ser entregues aos compradores mais cedo.

(Reportagem das redações de Pequim e Xangai)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos