Le Pen plagia fragmentos de discurso pronunciado por Fillon

Paris, 2 mai (EFE).- A candidata ultradireitista às eleições presidenciais francesas, Marine Le Pen, plagiou em seu comício da segunda-feira vários fragmentos de um discurso pronunciado há duas semanas pelo então candidato da direita, François Fillon, e justificou o fato nesta terça-feira através de alguns de seus porta-vozes.

A conta no Twitter "Ridicule TV", vinculada a Fillon, foi responsável por revelar o plágio de várias passagens do discurso de 15 de abril em Le Puy-en-Velay do conservador, que ficou em terceiro nas eleições de 23 de abril.

Fillon tinha elogiado então a geografia de França e em particular suas "fronteiras terrestres: os Pireneus em primeiro lugar, que põem a França nesse imenso conjunto que é o mundo hispânico e latino; a fronteira dos Alpes com a Itália, nossa irmã e, além, com a Europa central balcânica e oriental".

O ex-candidato tinha afirmado que se no exterior se aprende francês, "às vezes a um alto preço na Argentina e na Polônia, há listas de espera para se inscrever na Aliança Francesa de Xangai, de Tóquio, de México e no Liceu francês de Rabat ou de Roma, se Paris é o primeiro destino turístico mundial é porque a França é algo a mais e muito mais que uma potência industrial, agrícola ou militar".

Tudo isso, e mais algumas passagens, foram repetidas ontem perante milhares de pessoas em Villepinte, nos arredores de Paris por Le Pen, no maior comício que tem programado até o segundo turno do próximo domingo.

O vice-presidente da Frente Nacional, Florian Philippot, justificou o plágio dizendo que "foi uma breve passagem de um discurso sobre França". EFE