China reforça controles por coronavírus ante llegada del invierno

·1 minuto de leitura
Autoridades chinesas reforçaram os controles médicos ante a ameaça de um novo surto de coronavírus com a chegada do inverno

As autoridades chinesas reforçaram os controles médicos, com verificação da temperatura, testes e inspeções em aeroporto, diante da ameaça de um retorno do coronavírus com a chegada do inverno.

O país, onde o vírus foi detectado pela primeira vez há um ano, conseguiu conter a propagação da doença e sua economia funciona normalmente.

Pequim mantém a estratégia de controle rígido, no momento em que os casos de covid-19 disparam em várias partes do mundo e depois que foi detectada uma nova variante do vírus que, segundo os especialistas, é mais contagiosa.

Controles estritos foram adotados em diversos bairros da capital Pequim, onde foram detectados casos suspeitos de covid-19.

Trabalhadores com trajes especiais limpam as áreas de embarque e desembarque de passageiros nos aeroportos e portos, como parte de uma rápida mobilização para conter possíveis focos da doença no inverno.

No distrito de Shunyi, em Pequim, filas se formaram diante de centros de testes, enquanto as autoridades controlam dados de saúde armazenados em códigos QR de visitantes em hospitais da cidade.

A China informou nesta segunda-feira apenas 21 novos casos de covid-19, a maioria procedentes do exterior.

O país registrou 4.634 mortes e quase 87.000 contágios desde o surgimento da doença em dezembro de 2019.

burs-apj/qan/mar/bc/fp