China registra maior número de casos de covid em quatro meses

·1 min de leitura
(Arquivo) Tripulação de voo da Air China desembarca no aeroporto de Los Angeles com trajes de proteção em 3 de dezembro de 2021 (AFP/Frederic J. BROWN)

A China informou neste sábado (25) 140 novos casos de coronavírus, o maior número em quatro meses, enquanto as autoridades se esforçam para conter focos da doença em várias regiões, incluindo a cidade de Xi'an, onde milhões de pessoas estão em confinamento.

O país, o primeiro onde foi detectado o novo coronavírus no fim de 2019, está em alerta máximo a pouco mais de um mês dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim.

Dos 140 novos contágios, 87 foram transmitidos localmente, informou a Comissão Nacional da Saúde, contra 55 de sexta-feira.

A maioria dos casos foi registrada em Xi'an, na província de Shaanxi (noroeste), onde os 13 milhões de habitantes estão confinados desde quinta-feira. Apenas uma pessoa de cada residência pode sair a cada dois dias para fazer as compras básicas e é necessário pedi autorização.

Xi'an registrou 330 casos sintomáticos de transmissão local desde a notificação do primeiro contágio em 9 de dezembro de 2021, um número pequeno em comparação aos focos da doença em outros países.

A China reduziu o número de casos ao mínimo graças a uma estratégia "zero covid" que inclui restrições nas fronteiras, quarentenas e confinamentos, mas os contágios aumentaram nas últimas semanas.

A China informou 100.871 casos sintomáticos e menos de 5.000 mortes desde que o vírus foi detectado na cidade de Wuhan no fim de 2019.

prw/rbu/mlb/at/mis/an/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos