China representa ameaça, mas também deve-se dialogar com país, diz premiê britânico

Rishi Sunak em Londres

LONDRES (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, disse nesta terça-feira que a China representa uma ameaça para o Reino Unido, mas também é correto dialogar com Pequim sobre desafios globais como as mudanças climáticas e a guerra na Ucrânia.

"Estou muito certo de que a China representa um desafio sistêmico tanto para nossos valores quanto para nossos interesses e representa a maior ameaça estatal à nossa segurança econômica e é por isso que é correto tomarmos as medidas necessárias para nos proteger", disse ele à Sky News nas imediações do G20.

Sunak também disse estar esperançoso de poder se encontrar com o presidente chinês, Xi Jinping, durante a cúpula na Indonésia.

“Se queremos resolver grandes desafios globais como saúde pública, Rússia e Ucrânia, consertar a economia global ou mesmo as mudanças climáticas, é importante dialogar e nos envolver com a China como parte da solução desses desafios”, disse Sunak.

(Reportagem de Kylie MacLellan e Farouq Suleiman)