Chloë Grace Moretz conta que se tornou reclusa após seu corpo virar meme “horrível”

Chloë Grace Moretz na festa pós-Oscar da Vanity Fair no Wallis Annenberg Center em fevereiro de 2019 em Beverly Hills, Califórnia. (Foto: Dia Dipasupil/Getty Images)
Chloë Grace Moretz na festa pós-Oscar da Vanity Fair no Wallis Annenberg Center em fevereiro de 2019 em Beverly Hills, Califórnia. (Foto: Dia Dipasupil/Getty Images)

Chloë Grace Moretz revelou que se tornou uma pessoa reclusa após sua dismorfia corporal se tornar meme nas redes sociais. A atriz conta que uma foto dela viralizou carregando uma caixa de pizza foi comparada a uma personagem de “Family Guy” e afetou sua saúde mental.

“Veio o ataque de memes horríveis que começaram a ser enviados para mim sobre meu corpo”, declarou Moretz em entrevista à revista “Hunger”. “Na verdade, nunca falei sobre isso, mas houve um meme que realmente me afetou: eu entrando em um hotel com uma caixa de pizza na mão. E essa foto foi manipulada em um personagem de ‘Family Guy’ com as pernas longas e o torso curto, e foi um dos memes mais difundidos na época”.

Na época ela ficou chateada com a situação, mas disseram para não questionar o meme apenas por ser “engraçado”. “E eu me lembro de sentar lá e pensar: ‘meu corpo está sendo usado como uma piada e é algo que eu não posso mudar sobre quem eu sou, e está sendo postado em todo o Instagram’”. De acordo com Chloë, ainda dói se deparar com o meme circulando pelas redes sociais: “É algo muito difícil de superar”.

Por conta da repercussão da imagem, Moretz deixou de fazer uma das coisas que mais gostava: se vestir e sair para tirar fotos. Ela explica que a “a dismorfia corporal – com a qual todos lidamos neste mundo – é extrapolada pelas redes sociais”.

A dismorfia corporal é uma doença mental que envolve um foco obsessivo em um defeito que a pessoa considera ter na própria aparência. “Eu basicamente me tornei uma reclusa”, relata a atriz sobre como o meme afetou sua saúde mental.

“Foi ótimo porque me afastei dos fotógrafos e pude ser eu mesma e ter muitas experiências que as pessoas não fotografavam, mas ao mesmo tempo me deixava muito ansiosa quando era fotografada. Minha frequência cardíaca aumentava e eu hiperventilava”, completou.