Choque de gerações: seu quarto é cringe?

·2 minuto de leitura

O seu quarto tem decoração inspirada em Disney, Harry Potter, Friends, pôsteres de bandas, excesso de detalhes e muita, muita cor? Se você respondeu sim a uma dessas opções, talvez você seja classificado como “cringe” pelos adolescentes de hoje em dia. Não entendeu nada? O BELA CASA explica: uma das palavras mais procuradas pelos brasileiros nas últimas semanas, segundo levantamento do Google, “cringe” é uma expressão da língua inglesa que significa, basicamente, algo ultrapassado, cafona e que causa vergonha nos outros. E o que pode ser mais ultrapassado do que ser nostálgico?

Para a geração Z — ou seja, os nascidos a partir da segunda metade dos anos 90 até 2010, em classificação superficial —, os millennials (pessoas nascidas a partir dos anos 80 até a primeira metade dos anos 90) são excessivamente apegados ao passado, e isso se reflete, inclusive, na decoração dos quartos em que dormem. São ambientes geralmente compostos por muitos livros que marcaram a geração, boxes de séries famosas nos anos 90, referências da cultura popular da época e cores fortes e vibrantes pelas paredes e objetos por todos os cantos.

— Na nossa época de adolescentes, tínhamos muitos pôsteres, cores pelas paredes e não nos preocupávamos nem um pouco com ambientes que fossem bonitos para fotos, já que nossa diversão era fora de casa — explica a designer de interiores Tainã Boone sobre as diferenças entre uma geração e a outra.

A nostalgia dos millennials também se faz presente no acúmulo de itens analógicos para decoração. Fitas cassete, VHS, discos de vinil, vitrolas e outros objetos modernizados, mas com o estilo mais retrô, fazem parte das escolhas dessa geração, segundo Tainã. E as peculiaridades vão além dos objetos decorativos. Na faixa etária dos 30 anos atualmente, os millennials não abrem mão de desfrutar de ambientes espaçosos e confortáveis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos