FSD dizem ter tomado controle de duas zonas da cidade síria de Al Tabqah

Cairo, 24 abr (EFE).- As Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada por milícias curdas, anunciaram nesta segunda-feira que tomaram o controle de várias zonas da cidade da Al Tabqah, um importante centro de segurança do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na província de Al Raqqa.

A porta-voz das FSD, Yihan Sheij Ahmed, disse à Agência Efe por telefone que seus efetivos entraram na cidade e tomaram dos jihadistas o controle dos bairros de Alexandria e de Aiad al Kabir, sem oferecer mais detalhes.

Em um comunicado, as FSD apontaram que entraram em Al Tabqah pelo noroeste, enquanto do lado leste seus combatentes entraram no distrito de Alexandria e de lá partiram para a região de Al Wahab.

Durante os combates, as FSD progrediram 1,5 quilômetro e tomaram o controle de vários pontos.

Em paralelo, a coalizão internacional, liderada pelos EUA e que apoia a ofensiva das FSD, efetuou bombardeios nos arredores de Al Tabqah, nos quais morreram oito membros de uma mesma família, três mulheres e cinco menores de idade.

As FSD, que iniciaram em novembro do ano passado a ofensiva "Ira do Eufrates" para expulsar o EI de Al Raqqa, são uma fusão de vários grupos armados curdos, assírios (grupo étnico de maioria cristã), árabes e circassianos, entre outros. EFE