Christiane Torloni celebra 50 anos de carreira: 'Fui criada para ser qualquer coisa, menos atriz'

Amazônia - O despertar da florestania"

Da estreia de Christiane Torloni na extinta TV Tupi, em 1969, até hoje já se foram 50 anos de carreira. Apesar de ser filha dos atores Geraldo Matheus e Monah Delacy, fundadores do Teatro de Arena, a atriz disse que foi difícil convencer os pais de que seguiria os mesmos passos.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“O mais difícil na minha casa foi convencer os meus pais de que eu não teria como fugir do teatro. Eu fui criada para ser qualquer coisa, menos atriz”, disse Torloni em entrevista à TV Cultura.

O programa destacou as diversas protagonistas na carreira de Torloni. Para a atriz, este é um posto que vem quase no sangue.

“Ninguém se torna um protagonista. Você nasce protagonista, e alguém tem que enxergar isso. Depois, se você vai ter disciplina, técnica, coragem, rigor de continuidade, isso vai depender de você”, explicou.

Agora também diretora, Christiane Torloni falou sobre seu filme "Amazônia, o despertar da florestania".

 “O termo florestania, que eu uso no meu filme, é uma ressignificação de nacionalidade. Essas pessoas que cuidam da nossa floresta não são uns coitadinhos, eles têm que ter orgulho desse trabalho. Eles são os reis da floresta”.