Churrascaria faz 'piada' com mortes de Eliza Samudio, Isabela Nardoni e fome na Etiópia

·3 minuto de leitura
Churrascaria em Presidente Prudente (SP) publicou 'piadas' com as mortes de Eliza Samudio e Isabella Nardoni. (Foto: Yahoo Notícias)
Churrascaria em Presidente Prudente (SP) publicou 'piadas' com as mortes de Eliza Samudio e Isabella Nardoni. (Foto: Yahoo Notícias)

Uma churrascaria em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, publicou placas zombando e fazendo piada com as mortes de Eliza Samudio, morta e esquartejada sob as ordens do goleiro Bruno Fernandes de Souza, e Isabella Nardoni, assassinada pelo casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá.

Nas redes sociais, a Primata Parrilla faz diversas postagens com placas simulando frases e provérbios populares, e que supostamente teriam sido ditos pelos personagens envolvidos nos crimes e casos policiais.

“O cão é o melhor amigo do homem - Goleiro Bruno”, traz escrito uma das placas. Bruno, atualmente atleta do Rio Branco Futebol Clube, foi condenado pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio, além do sequestro e cárcere privado do filho que teve com a modelo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

No julgamento do goleiro no TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), em março de 2013, Bruno afirmou que não foi o mandante do assassinato de Eliza, mas disse que o corpo foi esquartejado e levado para os cães do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, também conhecido como Bola ou Neném.

Bruno obteve a progressão de pena e está em regime semiaberto desde julho de 2019.

Leia também

Em outra mensagem, a Primata Parrilla zomba do assassinato de Isabella Nardoni, de 5 anos, asfixiada e jogada do 6º andar de um prédio na capital paulista, onde morava com o pai, Alexandre Nardoni, e com a madrasta, Anna Carolina Jatobá.

“Filho a gente não cria para nós. Cria para jogar no mundo - Alexandre Nardoni”, escreveu a churrascaria.

Alexandre e Anna Carolina Jatobá foram condenados pelo homicídio triplamente qualificado. A madrasta foi condenada a 26 anos, em regime fechado, pelo crime e Nardoni a 31 anos.

Além dos casos emblemáticos no Brasil, a Primata Parrilla também achou engraçado fazer piadas com as situações de extrema pobreza em países da África. “Fazer as refeições juntos une a família. Etiópia, povo sem união”, postou a churrascaria.

MARKETING ‘POLITICAMENTE INCORRETO’

Cobrada nas redes sociais, a Primata Parrilla reforçou que seu “marketing” envolve “piadas politicamente incorretas”. “Guarde para você suas opiniões e dicas, estamos nem aí para cada uma delas. Acho válido? Use-as, mas não me venha encher o saco querendo impor suas regras prontas”, escreveu a churrascaria.

“A intenção não foi publicar nenhuma polêmica. Fazemos essa lousinha toda a semana e, a cada semana, a gente posta uma frase engraçada. O que tem nessa lousa? Piada. (...) Toda a semana a gente posta uma piada. Isso tudo é uma piada”, afirmou Daniel Arena Carrion, que se identificou como gerente e responsável pelas mídias sociais do restaurante, em um áudio compartilhado nas redes sociais.

Ao Yahoo Notícias, o gerente afirmou que as placas não manifestam a opinião pessoal dos envolvidos, mas que seguirá fazendo as “piadas” uma vez que avalia ser “liberdade de expressão”, inclusive as que envolvem crimes de repercussão nacional.

“Não é a nossa opinião. Eu repudio esses tipos de crimes. Não é que eu ache que assassinato ou um feminicídio seja piada. (...) É um humor ácido, e que eu acho que as frases são engraçadas. (...) Você pode até achar de mal gosto, está ok, no seu direito. Mas isso não me tira o direito de fazer a piada que eu quiser. Se na semana que vem eu quiser fazer uma piada com a mulher da Yoki, vou fazer”.

Carrion fez questão de frisar sua posição política. “Não sou nem de esquerda, nem de direita. Não acho que as ações do presidente sejam as melhores ou que as do Boulos, que agora está aí, sejam as melhores. Eu não tenho lado, meu lado é cumprir a lei”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos