Chuva deixa poças no gramado de Itaquera e atrapalha a partida entre Corinthians e Santo André

Yago Rudá


O duelo entre Corinthians e Santo André, em Itaquera, foi prejudicado pelas fortes chuvas que assolam a capital paulista. Ainda no primeiro tempo da partida, o gramado da Arena Corinthians ficou alagado em algumas partes, sobretudo em uma das laterais, e impossibilitou que a bola rolasse. Em nota, o clube do Parque São Jorge se defendeu e alegou que não houve problemas com o sistema de drenagem.

- O Sport Club Corinthians Paulista informa que a drenagem no gramado da Arena está funcionando normalmente. No entanto, o volume de chuva nesta noite, num curto intervalo de tempo, e na cidade nos últimos dias dificultou a drenagem do gramado - informou a assessoria do Corinthians em nota.

Nos minutos do segundo tempo, no entanto, a chuva deu uma trégua e a situação do gramado melhorou. Mesmo assim, ainda houve dificuldade para os jogadores dos dois times em trocarem passes e a partida ficou repleta de chutões para os dois lados, o que prejudicou as estratégias de Corinthians e Santo André.

Quase sempre elogiado pela sua qualidade, o gramado da Arena Corinthians deixou a desejar na noite desta quarta. Contudo, vale lembrar que a cidade de São Paulo sofre com as chuvas neste mês. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), esse é o maior volume de água recebido pela cidade nos últimos 77 anos, quando a medição começou a ser realizada.