Chuva deixa São Paulo em estado de atenção neste domingo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um forte temporal na tarde deste domingo (16) colocou toda a cidade de São Paulo em estado de atenção para alagamentos e causou transtornos, principalmente nas zonas leste e sul.

No início da noite, havia três pontos de alagamento intransitáveis ativos, de acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) da Prefeitura de São Paulo. Dois deles ficavam na zona leste --um na av. Francisco Falconi, próximo à praça Eng. Nair Firmino da Silva, e outro na av. Prof. Luiz Ignácio de Anhaia Mello, na altura da r. Elidia Maria de Jesus. Na zona sul, a chuva tornou intransponível trecho na av. Roque Petroni Júnior, próximo à av. Santo Amaro, em ambos os sentidos.

Toda a cidade havia deixado o estado de atenção no final da tarde.

A av. Anhaia Mello chegou a alagar na altura do terminal Vila Prudente. A SPTrans foi procurada para fornecer mais informações sobre a operação no local. O metrô não foi afetado, segundo a Companhia do Metropolitano.

Nessa região da zona leste, segundo o CGE, houve acúmulo de 51,2 mm de chuva, a maior quantidade dentre as estações meteorológicas do órgão na cidade. O Corpo de Bombeiros informou que recebeu 49 chamados de quedas de árvore, a maior parte na zona sul (36) e na leste (9), todos sem vítimas. Um veículo foi arrastado pelas águas na região do largo da Vila Prudente, mas não houve feridos, ainda de acordo com a corporação.

Neste domingo, o tempo continua instável. A previsão para a segunda-feira (16) na capital paulista é de tempo abafado, com sol entre nuvens, de acordo com o CGE, com mínima prevista de 19ºC e máxima de 29ºC. A partir do meio da tarde, instabilidades se formam e podem causar chuva moderada a forte, com risco de alagamentos. A terça-feira (17) deve ter situação semelhante, com temperaturas entre 20ºC e 28ºC.