Chuva deixa São Paulo em estado de atenção para alagamentos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de São Paulo foi posta em estado de atenção para alagamentos na tarde desta terça-feira (10), segundo CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), por causa da chuva que começou por volta de 15h.

Segundo o órgão da Prefeitura, áreas de instabilidade vindas do interior atuam na cidade com moderada e forte intensidade, principalmente na zona sul, nas regiões de M'Boi Mirim e Capela do Socorro, e nas zonas oeste e sudeste.

As 16h30, havia um ponto ponto intransitável na cidade detectado pelo centro de gerenciamento, na rua Abegoaria, em Pinheiros, na zona oeste.

Na zona leste, a rua da Mooca, na Mooca, também estava intransitável. Na zona sul, o problema foi na avenida Jules Rimet, região do Morumbi.

Neste mesmo horário, o Corpo de Bombeiros afirmou ter recebido dois chamados para alagamentos, um na rua Medeiros de Albuquerque, também em Pinheiros, e outro em Osasco, na região metropolitana de São Paulo. Ambos sem vítimas.

Houve ainda um chamado para queda de árvore em Santo Amaro, na zona sul.

De acordo com a Defesa Civil estadual, a chuva da tarde desta quarta atinge cidades vizinhas da capital, como as do ABC.

Segundo balanço da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), às 16h, São Paulo teve o maior índice de congestionamento para o horário no ano, com 151 km de lentidão.

O rodízio de veículos, que havia sido suspenso às vésperas do Natal, entrou em vigor novamente nesta segunda-feira (9).

Depois de um fim de semana com sensação de frio e termômetro que não passou dos 21ºC, os próximos dias serão mais típicos de verão, com temperaturas em elevação e chuvas na forma de pancadas entre a tarde e à noite, por causa da combinação do calor e da grande disponibilidade de umidade na atmosfera, diz o CGE.

Nesta quarta (11), a temperatura deverá oscilar entre 18ºC e 26ºC, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). A umidade mínima deve ficar em 70%.

Há tendência de chuva até sábado (14), com previsão de maior intensidade na quinta-feira, com fortes pancadas.

A Defesa Civil do governo do estado fez alerta para uma média de 15 mm de chuva para a região metropolitana nesta quarta.

O órgão estadual afirma que deve chover em praticamente todo o estado, com maior intensidade na região de Presidente Prudente, com estimativa de 30 mm.