Chuva em São Paulo provoca morte, desabamentos, quedas de árvores e alagamentos

SÃO PAULO - O temporal que atingiu a região metropolitana de São Paulo nesta segunda-feira causou a morte de pelo menos uma pessoa.

O corpo de um homem de 33 anos, que estava desaparecido desde a noite de de domingo, foi encontrado nesta manhã no piscinão de São Bernardo.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, pelo menos três pessoas teriam sido levadas pela enxurrada na região. As outras duas foram resgatadas.

Os bombeiros atenderam 24 ocorrências de desabamentos até 7h. Também foram registradas 27 quedas de árvores.

No total, a corporação recebeu 4.090 chamados por conta das chuvas, que resultaram em mais de 250 atendimentos.

A capital tem diversos pontos de alagamento, inclusive nas marginais Tietê e Pinheiros, com trechos intransitáveis.

As zonas Norte e Oeste foram as mais afetadas. Segundo a prefeitura, a cidade tinha 76 pontos de alagamento, sendo 68 intransitáveis e 8 transitáveis por volta das 7h30.

A circulação do transporte público também está complicada, principais nas linhas 8 e 9 da CPTM, na operação dos ônibus, em alguns pontos da cidade.

A recomendação dos bombeiros é de que as pessoas evitem sair de casa. As informações são do G1.