Chuva leva ossadas para rua após derrubar muro de cemitério no RJ

·2 min de leitura

As chuvas no Rio de Janeiro arrastaram para a rua ossadas vindas do Cemitério do Cacuia, na Ilha do Governador, após o muro desabar.

Com a queda, nichos com restos mortais foram destruídos e ossadas foram parar na rua. Jazigos também se romperam e pedaços de urnas e ossos ficaram expostos.

A destruição e as ossadas misturadas com os pedaços de muro e lama na Estrada do Cacuia, são mostradas em vídeos compartilhados nas redes sociais.

A concessionária responsável pelo Cemitério do Cacuia, na Ilha do Governador, foi acionada pela Secretaria Municipal de Conservação, por meio da Coordenadoria Geral de Cemitérios e Serviços, para que tome as providências necessárias.

Em nota, a Reviver, administradora do campo santo, informa que está com equipes no local e conta com apoio de outros órgãos para retirada do entulho e avaliação de danos.

Ossadas foram parar na rua após as chuvas derrubarem os muros do Cemitério do Cacuia, na Ilha do Governador. (Foto: Reprodução/Twitter)
Ossadas foram parar na rua após as chuvas derrubarem os muros do Cemitério do Cacuia, na Ilha do Governador. (Foto: Reprodução/Twitter)

Em nota, a concessionária Reviver, responsável pelo cemitério, comunicou que enviou equipes ao local, e que conta com ajuda de outros órgãos para a retirada do entulho e avaliação dos danos sofridos.

Ainda de acordo com a concessionária, apesar da destruição, não houve nenhuma pessoa ferida na ocorrência.

Rio entra em alerta por causa de risco de chuvas fortes nas próximas horas

A cidade do Rio de Janeiro entrou em estágio de mobilização nesta terça-feira devido ao risco de chuvas fortes. Segundo o Centro de Operações Rio, há risco de chuvas de intensidade moderada à forte a partir desta noite.

Enquanto isso, no interior do Estado, problemas criados pelos temporais persistem em algumas rodovias. Desde a noite de segunda-feira, o tráfego está interrompido em um trecho da BR-040 para por causa de deslizamentos.

Segundo a concessionária Rio-Teresópolis (CRT) o problema ocorreu no KM 84 (Vale da Revolta, Teresópolis). Por conta disso, o trânsito está sendo desviado por dentro de Teresópolis. No trecho da BR 040 entre o Rio e e Teresópolis, o tráfego é normal, sem interdições nos dois sentidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos