Chuva de meteoros Leônidas tem pico nesta quinta; saiba como observar

A chuva de meteoros Leônidas, chamada em inglês por "Leonid meteor", deve atingir o pico de observação no espaço nesta noite. ‎‎Em qualquer ponto do Brasil, a Leônidas pode ser vista a olho nu. A Lua, na fase minguante facilitará a visualização. O melhor horário para tentar ver os meteoros é durante a madrugada entre hoje e sexta-feira.

Os pedaços de detritos espaciais que interagem com nossa atmosfera para criar a chuva de meteoros Leônidas geralmente acontece a cada mês de novembro. De média intensidade, a Leônidas costuma gerar até 15 "estrelas cadentes" por hora.

A região do radiante do fenômeno Leônidas fica na constelação de Leão — por isso o nome da chuva. Quando os cometas vêm ao redor do sol, a poeira que emitem gradualmente se espalha em uma trilha ao redor de suas órbitas. A Leônidas acontece todos os anos nesta época, quando a Terra, em seu movimento em torno do Sol, atravessa uma trilha de detritos deixados pela passagem do cometa 55P/Tempel-Tuttle.

No mês de novembro, a constelação de Leão nasce um pouco antes do amanhecer, portanto é nesse horário que a maior quantidade de meteoros poderá ser observada, na direção nordeste do céu. No entanto, um aplicativo ou até mesmo sites de astronomia: Star Walk, Stellarium, Star Chart, SkySafari ou Night Sky - podem ajudar a apontar esta área do céu e o horário de visibilidade em sua cidade.