Chuva no Rio causa queda de árvores e bolsões d'água; tempo permanece instável até terça-feira

O Globo
·3 minuto de leitura

RIO — A chuva tão aguardada pelos cariocas causou estragos na cidade na noite desta sexta-feira e na madrugada deste sábado. Em diversos pontos do Rio, foram registrados bolsões d'água e queda de árvores. Devido às condições climáticas, o município está em estágio de mobilização desde às 3h30 da madrugada.

No boletim das 6h da manhã de Centro de Operações do Rio, havia registro de bolsão d'água na Travessa 133A, em frente ao conjunto Itamar Franco, na Cidade de Deus. Ainda na Zona Oeste, uma houve registro de queda de galhos na Avenida Édison Passos, no Itanhangá; na Avenida Afonso Arinos de Melo Franco, na Barra e na Estrada do Pontal, no Recreio. Esta última foi totalmente interditada após a queda de uma árvore.

Até o fechamento desta reportagem, a Av. Rui Barbosa, no Flamengo, também estava parcialmente interditada devido a queda de galhos de uma árvore na pista.

O Alerta Rio informa que, pelas imagens do radar do Sumaré, observam-se núcleos de chuva fraca na Baixada Fluminense se deslocando para a Zona Norte do Rio de Janeiro. A previsão é de chuva fraca a moderada, em pontos isolados, para a próxima hora, principalmente na região da Zona Norte.

De acordo com o Alerta Rio, o transporte de umidade do oceano para o município manterá o tempo instável neste sábado. Assim, haverá céu encoberto a nublado e há previsão de chuva fraca a moderada ao longo do dia. Os ventos serão predominantemente moderados e as temperaturas estarão em declínio em relação ao dia anterior, com mínima de 18°C e máxima de 29°C

Ainda segundo o COR, a Defesa Civil Municipal acionou, entre as 18h e 18h30 desta sexta-feira, 15 sirenes em nove comunidades da Zona Norte: Engenho da Rainha, Macacos, Parque Vila Isabel, Relicário, São João, Vila Matinha, Andaraí, Arrelia e Jamelão.

Tempo continua instável nos próximos dias

O tempo permanece instável na cidade no início da semana, com previsão de chuva até terça-feira. Há previsão de redução de nebulosidade e elevação gradual das temperaturas ao longo da semana. Na quarta-feira, não há previsão de chuva. Ainda de acordo com o sistema, este sábado deve ser o dia mais fresco do verão até agora.

Previsão para os próximos dias

Segundo o Alerta Rio, no domingo, o transporte de umidade do mar em direção ao continente provocará predomínio de céu nublado na Rio de Janeiro. Mas haverá diminuição da intensidade de chuva. A previsão é de chuva fraca, em pontos isolados da cidade, a qualquer momento do dia. Os modelos numéricos de previsão do tempo indicam que chova, em média, 5mm neste dia.

Na segunda-feira (08/02) e na terça-feira, uma área de convergência de umidade sobre a Região Sudeste provocará chuva fraca a moderada, em pontos isolados da cidade, durante a tarde e à noite destes dias. Os modelos numéricos de previsão do tempo indicam que chova, em média e para toda a cidade, 10mm para cada um destes dias.

Na quarta-feira (10/02), o tempo na cidade do Rio de Janeiro será influenciado por um sistema de alta pressão. Com isso, a previsão é de céu nublado ao longo do dia, com ventos fracos a moderados e temperaturas estáveis. Não há previsão de chuva.