Chuva volta a atingir Recife, alaga ruas e causa deslizamento de barreira

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Uma semana após os temporais que deixaram 128 mortos em Pernambuco, chuvas voltaram a causar danos e assustaram moradores do Recife neste sábado (4). Trechos de ruas ficaram alagados, e um deslizamento de barreira atingiu uma casa.

A chuva parou ao longo do dia. Não havia registros de mortos nem de feridos até o início da noite.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o deslizamento de uma barreira foi registrado no começo da tarde no Córrego do Boleiro, bairro de Nova Descoberta, zona norte do Recife.

Segundo a Defesa Civil da capital pernambucana, que também prestou atendimento no local, a ocorrência deixou apenas danos materiais na casa atingida. A família prejudicada será encaminhada para o recebimento de auxílio moradia, afirmou o órgão.

"A prefeitura ofereceu abrigo em um dos 27 equipamentos montados temporariamente para acolher as vítimas, mas a família optou por ficar em casa de parentes e receberá colchões e cesta básica", completou.

Também houve registros de alagamentos de ruas e avenidas entre a manhã e a tarde deste sábado na capital pernambucana.

Às 17h, a CTTU (Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife) ainda contabilizava duas vias com pontos inundados.

Na sexta-feira (3), a Apac (Agência Pernambucana de Águas e Clima) havia informado que estavam previstas chuvas moderadas e até fortes no Grande Recife e na Zona da Mata.

O Corpo de Bombeiros encontrou, na manhã de sexta, o corpo da última desaparecida após os desastres provocados pelas recentes chuvas em Pernambuco. Com isso, o número de mortos nos temporais no estado subiu para 128.

A última vítima estava soterrada em um deslizamento na comunidade do Areeiro, em Camaragibe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos