Chuvas causaram ao menos cinco mortes na Grande São Paulo este mês

Chuvas causaram ao menos cinco mortes na Grande São Paulo - Foto: Getty Images
Chuvas causaram ao menos cinco mortes na Grande São Paulo - Foto: Getty Images
  • Ao menos cinco mortes foram causadas pelas chuvas na Grande São Paulo este mês

  • Óbitos foram registrados em São Bernardo do Campo, Osasco e Franco da Rocha

  • Outras duas pessoas estão desaparecidas na cidade de São Paulo

Ao menos cinco pessoas morreram na Grande São Paulo em dezembro por conta das fortes chuvas que castigam a região nos últimos dias, segundo revelou um levantamento divulgado pelo portal g1 nesta quarta-feira (7).

Segundo o veículo, outras duas pessoas estão desaparecidas após terem sido levadas por uma enxurrada na capital do estado e seguem procuradas pelo Corpo de Bombeiros.

Morte em São Bernardo do Campo

A primeira morte foi registrada em São Bernardo do Campo, onde os bombeiros localizaram nesta segunda-feira (5) o corpo de um homem de 41 anos que havia sido arrastado por uma enxurrada no sábado (3).

A vítima foi identificada como Marcos de Araújo Rocha, que havia desaparecido após escorregar e cair em um córrego quando atravessava uma ponte de madeira.

Seu corpo foi localizado em outro córrego, próximo à Rua Lauro Gomes, em São Bernardo. Segundo os bombeiros, a provável causa da morte é afogamento.

Óbito em Franco da Rocha

Em Franco da Rocha, um garoto de apenas 12 anos morreu após cair em uma caixa de esgoto na tarde da última segunda. A prefeitura local explicou que a vítima, identificada como Sebastião, brincava com três amigos em uma canaleta de drenagem de águas pluviais quando sofreu a queda.

Três vítimas em Osasco

As outras três mortes foram registradas em Osasco, onde um jovem de 21 anos, identificado como Lucas Nascimento, foi arrastado pela água na última terça-feira (6).

Segundo os bombeiros, Lucas tentou atravessar uma rua alagada sem saber que ali perto havia um córrego, onde caiu e acabou levado pela correnteza.

Também em Osasco, duas pessoas morreram soterradas na madrugada da última quarta-feira depois que o muro de uma empresa desabou sobre casas de uma comunidade. As vítimas foram identificadas como Pablo Estevão Rodrigues, de 19 anos, e Reinaldo Julio Romão, 26.

Desaparecimentos na Zona Sul

Na Zona Sul de São Paulo, duas pessoas estão desaparecidas de a última segunda-feira, após serem atingidas por uma "cabeça d'água" enquanto participavam de uma trilha na Cachoeira da Usina.

O Corpo de Bombeiros retomou as buscas pelas vítimas nesta quarta. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, tratam-se de uma mulher de 32 anos e um homem de 25.