Chuvas deixam 11 mortos na Colômbia

Vista aérea dos danos causados pelo deslizamente de terra, resultado das fortes chuvas, em Mocoa, em 3 de abril de 2017

Onze pessoas morreram e vinte se encontram desaparecidas nas chuvas que atingem a cidade de Manizales, informaram nesta quarta-feira as autoridades desta cidade localizada no centro-oeste da Colômbia.

O prefeito de Manizales, José Octavio Cardona, informou que a situação está muito difícil porque a cidade está sem comunicações devido a inundações e desabamentos. Segundo ele, mais de 30 moradias desabaram.

O presidente Juan Manuel Santos, que suspendeu suas reuniões para viajar a Manizales, disse no Twitter que pediu que a Unidade Nacional de para Gestão de Risco de Desastres (UNGRD) se dirija para o local.

Esta emergência acontece semanas depois que um deslizamento atingiu a cidade de Mocoa (sul), deixando 323 mortos e mais de cem desaparecidos. lda/cd/cn