Chuvas em MG deixam dez mortos em 24 horas

·3 min de leitura
***ARQUIVO***JUATUBA, MG, 10.01.2022 - Bairro fica completamente alagado após forte chuva provocar enchente na cidade de Juatuba, no interior de Minas Gerais. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
***ARQUIVO***JUATUBA, MG, 10.01.2022 - Bairro fica completamente alagado após forte chuva provocar enchente na cidade de Juatuba, no interior de Minas Gerais. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

CONSELHEIRO LAFAIETE, MG (FOLHAPRESS) - Ao menos dez pessoas morreram em Minas Gerais nas últimas 24 horas em decorrência das fortes chuvas que atingem o estado, de acordo com informações da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil divulgadas nesta terça (11).

Com isso, subiu para 19 o número total de mortos desde o início do período chuvoso, que começou em 1º de outubro de 2021. Somente nos primeiros dias de 2022 foram registradas 13 mortes em Minas Gerais.

As dez mortes decorrentes da tragédia de Capitólio, quando uma rocha se desprendeu e atingiu lanchas que passeavam pela região, não serão computadas no balanço das chuvas até o fim das investigações. Os técnicos ainda não sabem se a tempestade de fato contribuiu para tragédia.

As últimas vítimas registradas pela Defesa Civil são das seguintes cidades: Dores de Guanhães e Caratinga, no Vale do Rio Doce; São Gonçalo do Rio Abaixo, na região central do estado; Ervália, na zona da mata mineira; e Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Em Brumadinho, cinco pessoas da mesma família morreram no último sábado (8), após o carro em que viajavam ter sido soterrado. Os corpos foram encontrados nesta segunda (10), após buscas realizadas pelas Polícias Civil e Militar e pelo Corpo de Bombeiros. A família das vítimas havia notificado as autoridades sobre o desaparecimento e pedido ajuda nas redes sociais para encontrá-las.

As vítimas são Henrique Alexandrino, 41, Deisy Alexandrino, 40, Vitor Alexandrino, 6, Ana Alexandrino, 3, e Geovane Vieira, 42.

Em São Gonçalo do Rio Abaixo, a cerca de 85 Km de Belo Horizonte, uma menina de 11 anos perdeu a vida depois de um muro desabar sobre o quarto em que ela dormia. Os pais e a irmã da dela também estavam na residência, mas não foram atingidos.

Em Caratinga, a cerca de 300 Km de Belo Horizonte, duas pessoas morreram no domingo (9).

Uma delas foi um homem de 41 anos, que morreu após o carro que dirigia ser arrastado pela correnteza. Ele tentava atravessar a ponte que dá acesso ao distrito de Santo Antônio do Manhuaçu. O passageiro do veículo que estava no banco do carona conseguiu nadar até a margem e se salvar.

Em outra ocorrência na cidade, um deslizamento de terra atingiu uma casa no bairro Santa Cruz. Um homem de 29 anos morreu e uma mulher de 62 anos foi resgatada e encaminhada para o hospital.

Na cidade de Dores de Guanhães, a 200 Km da capital, o escorregamento de um talude sobre um condomínio residencial deixou ao menos seis pessoas feridas. Duas pessoas morreram.

No município de Ervália, um homem de 20 anos morreu devido a um deslizamento de terra que atingiu um bar e provocou o desabamento do estabelecimento. Ele chegou a ser socorrido pelos bombeiros e encaminhado para um hospital, mas não resistiu.

Em Ouro Preto, duas casas desabaram no sábado (8). No momento do acidente, um homem de 55 anos estava dormindo em um dos imóveis atingidos e foi soterrado. Após três dias de busca, os bombeiros encontraram o corpo da vítima. Essa ocorrência ainda não foi contabilizada pelo boletim da Defesa Civil.

Ao todo, Minas Gerais tem 145 municípios em situação de emergência desde o início do período chuvoso, em 1º de outubro de 2021. Atualmente, 3.481 pessoas estão desabrigadas e 13.756, desalojadas.

As chuvas que atingem o estado também afetam a circulação de veículos. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Estadual, no início da tarde desta terça (11), havia 88 pontos de interdição parcial e 33 de interdição total em rodovias federais e estaduais.

*

MORTES NO PERÍODO CHUVOSO EM MG

Uberaba: 1

Coronel Fabriciano: 1

Nova Serrana: 1

Engenheiro Caldas: 1

Pescador: 1

Montes Claros: 1

Betim: 1

Belo Horizonte: 1

Dores de Guanhães: 2

São Gonçalo do Rio Abaixo: 1

Ervália: 1

Caratinga: 2

Brumadinho: 5

Fonte: Coordenadoria Estadual de Defesa Civil

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos